Problema em trem interrompe parte de operação na linha 2 do metrô

Os passageiros que usam o sistema metroviário estão com problemas para utilizar o sistema, na linha 2, na manhã desta segunda-feira (11). O serviço foi interrompido no sentido rodoviária. A informação é de que um dos trens descarrilou na altura da Estação Pituaçu e por isso, o sistema foi afetado. Por dia, em média, 210 mil pessoas usam o sistema de metrô da capital baiana.

De acordo com relato dos passageiros, quem precisa ir para o sentido Acesso Norte ou Mussurunga está do mesmo lado da plataforma. Por causa do problema, houve um princípio de tumulto dentro da Estação Pituaçu. O sistema está sendo alternado, e cada viagem é feita em um sentido diferente. Também há relatos de que outras estações do sistema estão cheias por causa do problema.

Trem apresentou problema técnico quando ia fazer manobra
2
Estações ficaram cheias na manhã desta segunda-feira
Estações ficaram cheias na manhã desta segunda-feiraEstações ficaram cheias na manhã desta segunda-feira

De acordo com relato de passageiros, os trens estão passando a cada 15 minutos, quando normalmente o intervalo é a cada 5 minutos. Eles foram informados que não há previsão de quando o sistema vai ser normalizado.

A assessoria da CCR Metrô Bahia, que opera o sistema informou que houve um incidente com um dos trens por volta das 4h, quando ainda não havia iniciado a operação do sistema. O trem estava se deslocando para iniciar o serviço quando apresentou um problema técnico. A empresa ainda não confirmou que houve o descarrilamento.

Problema causou tumulto na Estação Pituaçu
(Foto: Elaine Araújo/CORREIO)

Com medo, passageiros chegaram a desistir de pegar o metrô receio de descarrilar novamente. "O negócio que é novo caindo. Deve ser porque está terminando o do aeroporto", disse a passageira Josélia Santos que desembarcou na estação Flamboyat quando tomou conhecimento do ocorrido.

Os trens estão lotados da linha 2 ( Acesso Norte - Mussurunga ). "A operação comercial, com passageiros, foi iniciada às 5h, com intervalo maior entre os trens na Linha 2. Os passageiros que estão saindo da Estação Mussurunga com destino ao Acesso Norte, precisam fazer a baldeação na Estação CAB, para o destino desejado. A operação na Linha 1 segue normal desde às 5h", afirmou a CCR Metrô, em nota.

A velocidade do trem está reduzida. Lucas Oliveira, 23, estava a caminho do trabalho. "Eu cheguei já estava assim. Vou chegar atrasado no trabalho. Ainda nem avisei ao chefe, mas ele também anda de metrô", afirmou. 

Usuário do metrô, o marceneiro Elias Trindade, 62, reclamou do atraso. "O metrô deveria ser um transporte a mais e não uma imposição. Onde moro (Itinga) tem um ônibus a cada trinta minutos para estação do metrô e as linhas diretas foram tiradas. Eu não tenho horário de pegar no trabalho, então não chego atraso. Mas se eu soubesse que estava assim não tinha vindo", destacou.

Com o ocorrido, a babá Marlene Almeida, 39 anos, que sai da estação Pirajá para Pituaçu teve um atraso de 1h. "Minha chefe está aqui me ligando pra saber o que aconteceu, porque ela precisa de mim lá pra poder ir trabalhar", diz.

A técnica de enfermagem Liliane Cerqueira gasta 40 minutos de Lauro de Freitas para Brotas (onde trabalha) diariamente. Hoje, ela pegaria às 8h no expediente, mas às 8h50 ainda estava na estação Pituaçu, onde resolveu descer para pegar um ônibus, tendo em vista que o trem estava andando muito devagar. "A gente deveria ter mais opções. Eu, por exemplo, estou buscando outras alternativas pra chegar no trabalho, mas muitas linhas de ônibus nem existem mais. Estou atrasada e a colega está lá fazendo hora esperando eu chegar", conta.

Veja na íntegra a nota da CCR Metrô Bahia sobre o incidente
A CCR Metrô Bahia informa que na madrugada desta segunda-feira (11), por volta das 4h, durante uma manobra especial de preparação para início da operação, sem passageiros, um carro da composição bloqueou a via principal. O incidente aconteceu na zona de estacionamento de trens próximo à estação Pituaçú. A operação comercial, com passageiros, foi iniciada às 5h, com intervalo maior entre os trens na Linha 2. Os passageiros que estão saindo da Estação Mussurunga com destino ao Acesso Norte, precisam fazer a baldeação na Estação CAB, para o destino desejado. A operação na Linha 1 segue normal desde às 5h. A concessionária reforçou a sua equipe de atendimento para orientar todos os usuários e uma equipe de técnicos e engenheiros está no local para verificar a ocorrência.

 

*Elaine Araújo e Caio Issa são integrantes da 12ª Turma do Programa Correio de Futuro

 

Fonte: Correio24horas

;