Vitória vence de virada e rebaixa a Ponte em jogo encerrado após invasão de gramado

oi na luta e na raça. Após fazer um primeiro tempo para ser esquecido e levar dois gols em 15 minutos, o Vitória voltou para o segundo tempo com outra partida e conseguiu uma virada heroica sobre a Ponte Preta, fora de casa.
 
Santiago Tréllez, duas vezes, e André Lima marcaram os gols do triunfo por 3 a 2, no Moisés Lucarelli. Lucca e Danilo marcaram para a Macaca.
 
Com o resultado, o Rubro-negro deu um importante passo para escapar do rebaixamento e se manter na Série A. O Leão foi aos 43 pontos, ultrapassou o Coritiba e assumiu a 15ª colocação.
 
Os comandados de Vagner Mancini voltam a campo no próximo domingo (2), contra o Flamengo, no Barradão. 
 
O JOGO
 
Com atuação de time que quer ser rebaixado, o Vitória padeceu no primeiro tempo. Com uma atuação decepcionante, o Rubro-negro viu a Ponte Preta pressionar e marcar com facilidade.
 
Logo aos seis minutos, Wallace errou corte e deu de graça para Lucca. O atacante dominou e chutou forte. A bola ainda desviou em Geferson e morreu nas redes.
 
Já aos 15 minutos, Wallace apareceu negativamente mais uma vez. O zagueiro puxou a camisa de Léo Gamalho na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Danilo descolocou Fernando para aumentar.
 
O Rubro-negro ainda viu uma luz no fim do túnel aos 19 minutos. Rodrigo agrediu Tréllez, recebeu o cartão vermelho direto e foi expulso de campo.
 
Mesmo com um a mais, o Leão foi pequeno e só assustou aos 45 minutos. Após chute de Patric, Aranha deu rebote e David, sozinho na pequena área, só fez atrasar para o goleiro.
 
No segundo tempo, o Vitória diminuiu o placar aos 12 minutos. Após cobrança de escanteio de Carlos Eduardo, Danilinho desviou e André Lima completou de cabeça da pequena área.
 
Dois minutos depois, o time baiano chegou ao empate. Tréllez recebeu bola fora da área, arriscou o chute e contou com o desvio na zaga para enganar Aranha.
 
Já aos 36 minutos, em um belo contra-ataque, Carlos Eduardo serviu Danilinho, que na direita cruzou para Tréllez completar e virar a partida.
 
Foi o suficiente para a torcida da Ponte Preta quebrar alambrados do estádio e invadir o campo. Após mais de 30 minutos de paralisação, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro optou por encerrar a partida para preservar a integridade dos atletas.

Ficha técnica

Ponte Preta 2 x 3 Vitória
Brasileirão Série A - 37ª rodada
 
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/Horário: 26/11/2017, às 16h (de Salvador)
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG), assistido por Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG) e Sidmar dos Santos Meurer (CBF/MG). Assistentes adicionais: Wanderson Alves de Sousa (CBF/MG) e Jerferson Antônio da Costa (CBF/MG)
Cartões amarelos: Yago, Geferon, Wallace, Kanu (VIT); Jeferson, Wendel (PON)
Cartões vermelhos: Rodrigo (PON)
Gols: Lucca, Danilo (PON); André Lima, Tréllez-2 (VIT)
 
Ponte Preta
Aranha; Nino Paraíba, Luan Peres, Rodrigo e Jeferson; Elton, Wendel, Danilo Barcelos e Léo Artur; Lucca e Léo Gamalho. Técnico: Eduardo Baptista.
 
Vitória
Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson; Ramon (Carlos Eduardo), Uillian Correia e Yago; David (André Lima), Neilton (Danilinho) e Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

Notícia relacionada:

Torcedores da Ponte Preta invadem gramado em jogo tenso contra o Vitória

 

Fonte: Bocão News

;