Entendeu agora que era golpe?

O Brasil deu mais um passo para trás na noite desta quarta-feira. A peso de ouro - 32 bilhões de reais dos cofres públicos – o Congresso Nacional barrou a segunda denúncia contra o Tenebroso. A denúncia do Ministério Público foi arquivada e o golpista vai poder continua na voraz entrega do patrimônio nacional às megaempresas estrangeiras. 
O símbolo maior desse dia, o deputado Celso Jacob (PMDB/RJ) que deu o voto 171 e salvou o ilegítimo do processo, é um presidiário que cumpre pena em regime semiaberto. Jacob é um dos mais de 60 condenados ou denunciados por corrupção que votaram contra a denúncia. 
Mais que uma coincidência, o 171 (crime de estelionato no Código Penal) é outro símbolo de todo esse processo a que a população brasileira assiste calada. Sumiram as panelas das varandas gourmet. Nenhuma voz rouca nas ruas. Desapareceram as camisas da CBF.
O mesmo congresso que sob falsa acusação tirou Dilma, uma mulher honesta, manteve o Temeroso contra quem se acumulam denúncias com provas robustas de corrupção, de organização criminosa e obstrução da justiça. 
Livrou ainda seus dois ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, acusados pelos mesmos crimes. Fiquem atentos aos nomes dos deputados baianos que votaram a favor do presidente quadrilheiro. Na foto abaixo, o momento em que comemoravam. 
Dá pra entender agora o tamanho do golpe contra a democracia, a soberania nacional e contra os trabalhadores?

;