Santiago Tréllez nega ter chamado Renê Júnior de "macaco"

 O Bahia venceu o Vitória por 2 a 1, neste domingo (22), na Arena Fonte Nova. Porém, o resultado da partida ficou em segundo plano. O volante Renê Júnior, do Tricolor, disse ter sido chamado de “macaco” pelo atacante Santiago Tréllez, do Leão. Houve uma discussão entre os dois atletas e Renê Júnior deixou o campo visivelmente transtornado.

Por meio das redes sociais, o colombiano se manifestou e garantiu que não praticou nenhum ato racista. Porém, ele revelou que trocou ofensas. “Sou Santiago Tréllez, jogador do Vitória. E quero falar sobre aquilo que aconteceu no jogo de hoje. A gente se falou muitas coisas, ele me xingou, eu xinguei ele. Em nenhum momento eu quis ofender ele. Se eu ofendi, eu peço desculpas a ele, ao povo brasileiro, da Bahia. Também quero falar que eu não chamaria ele do que disseram que eu falei.

Primeiro, porque eu sou preto. Meu pai é preto, rastafári. Na minha família, temos pretos. Eu amo ser preto”, disse o camisa 22 do Vitória. Já Renê Júnior preferiu não prestar queixa na delegacia e garante que não guarda nenhum tipo de mágoa do adversário. 

 

O volante Renê Júnior concedeu entrevista coletiva após o clássico Ba-Vi, neste domingo (22), na Arena Fonte Nova, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atleta acusa o colombiano Santiago Tréllez de racismo. Segundo ele, o atacante o chamou de macaco. "Sou maior do que isso aí. Tenho muito orgulho da minha raça e de onde eu vim. Não é qualquer palavra proferida à mim que vai me botar para baixo.

É difícil ser chamado de macaco dentro do seu país. Se não me engano, no estado da Bahia a maioria da população é negra e no país dele a maioria da população é negra também. Mas cabeça boa, bola para frente. Ele sabe o que ele falou, não tenho mágoa de ninguém, mas infelizmente isso acontece. Alguns anos atrás aconteceu com Aranha (goleiro) e eu tive a oportunidade de falar com ele.

Agora eu sei o que ele sentiu, mas não quero me promover em cima disso não porque o que eu tenho pra falar é sobre futebol, de poder continuar a ajudar o Bahia", declarou.

 

Assista ao vídeo, Clique aqui

Fonte: Bahia Notícias

;