Susto e pânico, categoria sofre mais uma vez com o terror e o vandalismo em Salvador.

Em pleno dia dos rodoviários, a categoria sofre mais uma vez com o terror e o vandalismo em Salvador.
Dessa vez a barbárie aconteceu em Paripe, quando marginais invadiram alguns veículos, ameaçaram e trancaram os trabalhadores em sanitários públicos e incendiaram 02 ônibus.
Um completo terrorismo a integridade física e psicológica de alguém que está ali apenas para conduzir vidas.

O presidente em exercício, Fabio Primo, esteve presente no local para apoiar e dar o suporte necessário à categoria. Fabio, junto com diretores da entidade, conversou com os trabalhadores e passou para os companheiros a garantia de um policiamento intensivo, recebida do comandante da PM da localidade para que a circulação dos ônibus retorne a normalidade após a transferência do final de linha.
Continuaremos a monitorar a região e caso seja necessário novas medidas serão tomadas a fim de preservar a integridade do trabalhador rodoviário.

 

;