Exigimos Justiça

Cobrar punição dos assassinos e lembrar as histórias dos companheiros, Paulo Colombiano e sua esposa Catarina Galindo.

A direção do Sindicato junto com as centrais sindicais e movimentos sociais está neste momento na frente do tribunal de Justiça da Bahia para cobrar celeridade no processo contra os execultores e mandantes do crime contra Paulo e Catarina.
Hoje completam seis anos de morte de ambos e até então ninguém foi condenado e tanto os mandantes, quanto os execultores estão em liberdade.
Cobramos punição aos assasinos de Paulo Colombiano e Catarina Galindo. 

 

 

 

 

;