Diretores sindicais da bacia plataforma visitaram os terminais da sua região para identificar as dificuldades da categoria

Na manhã de hoje os Diretores sindicais da bacia plataforma visitaram os terminais da sua região para identificar as dificuldades da categoria, principalmente no que diz respeito à mobilidade urbana e condições de trabalho. Primeiramente em Terezinha constatamos a necessidade de construção de um módulo de conforto para atender os companheiros que trabalham no local. Também em Mirante, com 90 coletivos aproximadamente 400 rodoviários, o banheiro se encontra em péssimas condições de uso, apesar de termos observado que há espaço suficiente para construir um bom módulo de conforto do novo padrão. Já em Rio Sena constatamos a grande dificuldade dos trabalhadores na questão de mobilidade e segurança, tendo que dividir espaço com Veículos de transporte clandestino que operam no local. Ao visitarmos Cocisa, que recebe diariamente cerca de 300 trabalhadores observamos novamente uma péssima situação sanitária, o banheiro é degradante, sem o mínimo de respeito com o trabalhador, cobraremos da prefeitura que analise os terrenos ao redor para a construção do nosso modulo de conforto.

Os companheiros da direção coletaram também informações e reivindicações dos nossos colegas. A denúncia geral é que se tornou rotineiro em todos os finais de semana a jornada excedente da carta horária. Cobraremos que a Bacia Plataforma cumpra o acordo coletivo da carta horária excedente e regularize essa situação.

;