Sindicato avalia Bairro de Santa Cruz e sugere mudança no terminal

Na manhã de hoje, a direção do Sindicato esteve presente no bairro da Santa Cruz, junto com o secretário de mobilidade do município, representantes da empresa dos ônibus e lideranças comunitárias para avaliar a situação da mobilidade dos coletivos dentro do bairro.

Foi constatado que a mobilidade do local é caótica e não há condições dos coletivos continuarem a circular dentro do bairro por falta de espaço nas vias e a dificuldade dos trabalhadores em encontrarem locais para estacionar os coletivos nos intervalos das viagens , devido a veículos particulares estarem estacionados nas vias.

O secretário ouviu dos trabalhadores rodoviários e também dos moradores do local as principais queixas sobre a mobilidade da região e se comprometeu a elaborar um estudo para o remanejamento do terminal para o Parque da Cidade.

O presidente Fabio Primo, que nos representou na visita, deixou claro aos representantes da prefeitura e da empresa, que assim que for remanejado para o parque da cidade, o terminal de ônibus deverá contar com um módulo de conforto para a categoria fazer uso.

Vale lembrar que à medida que busca alterar o final de linha do bairro, além de melhorar a operação dos rodoviários na localidade, também visa melhor atender a polução de Santa Cruz que é uma parceira dos rodoviários do local e também tem sofrido diariamente com a imobilidade da região.

O Sindicato estabeleceu um prazo de dez dias para que as mudanças sejam feitas na região, já que a situação de mobilidade no bairro é desordenada. Nos próximos dias a Transalvador irá realizar operações no bairro para amenizar imobilidade do local.

;