Em quatro dias, volume de chuva em Salvador supera o esperado para o mês de março inteiro

Nos últimos quatro dias, o volume de chuva que caiu em Salvador superou o que era previsto para o mês de março inteiro, segundo o setor de meteorologia do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema). Da noite da sexta-feira (22) até esta segunda (25), choveu 188,6 milímetros, enquanto a média histórica de março é de 156,8 milímetros, conforme dados do órgão.

Do início do mês até agora, o volume de chuva já soma 210,4 milímetros, somente no bairro de Ondina. No período entre 22h de sexta (22) a 1h da madrugada de sábado (23) choveu 113 milímetros. A maior intensidade foi entre meia-noite e 1h, quando o volume de chuva foi de 59,4 milímetros.

O meteorologista do Inema, Aldírio Almeida, explica que essa grande quantidade de chuva em poucos dias está relacionada a um canal de umidade vindo da Amazônia — não há relação direta com a tempestade tropical que se aproxima da região e da costa da Bahia e do Espírito Santo. "É uma zona de convergência do Atlântico Sul que está atuando sobre todo o estado e que a partir de amanhã se desconfigura. Esse canal de umidade que vem da região amazônica atravessa todo o Brasil central. É o principal sistema causador de chuva no verão", explica.

Em abril, as chuvas intensas devem voltar a cair, com volumes superiores aos registrados em março. "Abril é o nosso mês mais chuvoso. A média histórica de abril é de 295,7 milímetros, bem superior à de março. A previsão é de termos 11 dias de chuva no mês, enquanto em março a média é de sete dias", afirma.

Fonte: G1 Bahia
Foto: Alberto Luciano/TV Bahia

;