Vitória tropeça contra o São Paulo em casa e permanece no Z-4

Mesmo com o apoio da sua torcida, o Vitória perdeu para o São Paulo por 1 a 0 na noite desta sexta-feira, 26, no estádio do Barradão, em Salvador. A partida foi válida pela 31ª rodada do Brasileirão. Com o resultado negativo, o Rubro-Negro chega a sexta derrota em casa e permanece na zona de rebaixamento com 33 pontos, na 17ª colocação.

Na próxima rodada, o Leão terá pela frente o lanterna da competição, o Paraná, em Curitiba. A partida será no domingo, 4, às 16h, horário da Bahia. Lembrando que já teremos o horário de verão em algumas regiões do Brasil.

O jogo

Nos minutos iniciais, o time visitante foi o que mais chegou ao setor de ataque. No primeiro escanteio da partida, a bola ficou viva na área até o goleiro Ronaldo sair com segurança. Em outra chance, o Tricolor paulista chegou pelo alto, mas a cabeçada de Rojas parou nas mãos do arqueiro do Leão.

A primeira chegada com perigo do Vitória foi com a novidade da noite, o atacante Maurício, que aproveitou sobra de falta cobrada por Erick e mandou um chute que passou à direita do gol de Jean.

Até as cobranças de laterais eram bem aproveitadas no São Paulo e, em um desses lances, quase Rojas mandou no fundo das redes, após desvio errado da zaga rubro-negra.

O polivalente Diego Souza foi lançado na área e chutou cruzado para a defesa providencial de Ronaldo. Rhayner arriscou de muito longe, a bola chegou com dificuldade na frente de Jean, mas o mesmo conseguiu tirar pra escanteio.

O goleiro Ronaldo fez bela defesa com os pés, porém, na sequência, o zagueiro Bruno Alves recebeu livre na área e num belo chute, abriu o placar. O goleiro Ronaldo chegou a tocar na bola, mas não foi o suficiente: 1 a 0 para os visitantes.

No fim do primeiro tempo, o Vitória tentou o empate com boa jogada individual de Lucas Fernandes. Ele bateu colocado, mas a bola foi para fora.

No segundo tempo, Neilton entrou no lugar de Erick, que não repetiu a mesma atuação do jogo passado. E foi o camisa 10 que conseguiu a primeira finalização contra o gol do São Paulo, mas o goleiro Jean defendeu sem dificuldades. Em seguida, o São Paulo quase abriu o placar com Rojas, que chutou próximo ao gol. Para o goleiro Ronaldo, restou a torcida pra a bola não entrar. No lance, o atacante são-paulino teve uma grave lesão e precisou ser substituído.

Outra alteração colocou o ex-Rubro-Negro Tréllez no lugar do centroavante uruguaio Carneiro. Carpegiani se lançou ao ataque com as entradas de Léo Ceará e Wallyson que, com quatro atacantes, tentaram de todas as formas romper a marcação do Tricolor paulista.

Maurício, que estava sumido no jogo, conseguiu ameaçar com um chute em cima do goleiro Jean. O São Paulo todo fechado só aguardou o jogo terminar e pouco chegava a defesa do Vitória, satisfeito com o resultado positivo.

Ao Rubro-Negro só restou atacar de forma desordenada até ao apito final do árbitro, que decretou mais uma derrota em casa da equipe baiana e fez o time passar mais uma rodada no Z-4.

Após o apito do árbitro, o goleiro Jean, ex-atleta do aquirrival Bahia, fez uma provocação e gerou revolta dos atletas rubro-negros. Houve princípio de confusão e o arqueiro foi expulso.

 

Fonte: A Tarde

;