Uma afronta à democracia brasileira

Eduardo Bolsonaro, filho do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, e deputado federal disse em um vídeo que viralizou nas redes sociais, no ultimo domingo, que para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF) basta uma soldado e um cabo.

Uma grande afronta ao estado democrático e a mais alta corte do país.
Após a divulgação do vídeo o candidato a presidência e pai de Eduardo, desculpou-se pelo filho e alertou “que já advertiu o garoto”.
Um garoto de 34 anos, eleito como deputado federal pelo maior colégio eleitoral do país e que em janeiro iniciará o seu segundo mandato.
Concluímos com parte do texto escrito pelo Ministro do STF, Celso de Melo, que rebate a ameaça à democracia feita pelo deputado que muitas vezes fala em nome do seu Pai:
"Essa declaração, além de inconsequente e golpista, mostra bem o tipo (irresponsável) de parlamentar cuja atuação no Congresso Nacional, mantida essa inaceitável visão autoritária, só comprometerá a integridade da ordem democrática e o respeito indeclinável que se deve ter pela supremacia da Constituição da República!!!”
Dias difíceis estão pela frente, companheiros.
Fiquemos alertas em qual projeto iremos encaminhar o país no próximo dia 28 de outubro.

;