Com gol contra e uso do VAR, França vence a Croácia e é bicampeã da Copa do Mundo

A França impôs sua superioridade dentro de campo e sagrou-se bicampeã da Copa do Mundo. Os franceses venceram a Croácia por 4 a 2, neste domingo (15), no Estádio de Luzhniki, em Moscou, pela final do Mundial da Rússia. O atacante croata Manduzkic marcou contra após bola levantada na área em cobrança de falta do francês Griezmann. O mesmo camisa 7 da França fez o segundo em cobrança de pênalti, após o árbitro recorrer ao VAR para assinalar a penalidade máxima, e Pogba fez o terceiro e Mbappé fechou o placar. Perisic e Mandzukic, desta vez na meta certa, descontaram para os croatas.

Com a conquista, a França entrou no grupo dos bicampeões da Copa do Mundo, ao lado do Uruguai, com as conquistas de 1930 e 1950, e da Argentina, que levou o caneco para casa nas edições de 1978 e de 1986. A próxima Copa do Mundo será no Catar em 2022.

O JOGO

A partida começou dentro do esperado com os croatas dominando mais a bola, enquanto que os franceses se fechavam atrás, esperando roubar a pelota para sair nos contra-ataques, como tem feito ao longo desta Copa do Mundo. Porém, apesar de chegar mais no ataque adversário, os croatas não conseguiam encaixar uma jogada que levasse mais perigo ao gol de Lloris. Já os franceses, não encontravam os espaços para usar a velocidade de Mbappé e tentavam lançamentos longos para Giroud lá na frente.

Aos 16 minutos, os papéis se inverteram. A França adiantou sua marcação e começou a pressionar a Croácia. Com um maior domínio da bola, os franceses passaram a jogar no campo do adversário. Dois minutos depois, Griezmann levantou a bola na grande área da Croácia, numa cobrança de falta e o atacante Mandzukic desviou de cabeça contra o patrimônio e balançou as redes. França 1 a 0 Croácia.

A Croácia tentou responder aos 20 minutos. Também em bola levantada na área em falta cobrada por Modric, o zagueiro Vida cabeceou, mas ela subiu muito passando por cima da trave de Lloris.

Aos 28 minutos, os croatas chegaram ao empate com Perisic. Após bola levantada na área francesa, Vida escorou para o camisa 4. Ele dominou limpou Kanté e soltou a bomba no canto esquerdo de Lloris, que ainda pulou, mas não conseguiu chegar na bola, que estufou as redes e deixando tudo igual no Luzhniki. França 1 a 1 Croácia.

A resposta da França veio cinco minutos depois. Na cobrança de escanteio feita por Griezmann, Matuidi desviou de cabeça e a bola bateu no braço de Perisic antes de sair. Após usar o VAR e assistir o lance, o árbitro argentino Nestor Pitana assinalou o pênalti. Na cobrança, Griezmann deslocou o goleiro Subasic batendo no canto direito do gol e recolocou a França à frente no placar aos 38. França 2 a 1 Croácia.

Antes do árbitro encerrar o primeiro tempo, a Croácia chegou duas vezes na área francesa levando muito perigo ao goleiro Lloris, em bolas alçadas.

Segundo tempo

O jogo recomeçou do mesmo jeito da primeira etapa. A Croácia tomando as iniciativas tendo um maior domínio da bola. Logo no segundo minuto, Lloris teve que trabalhar para evitar o empate croata. Rebic tabelou com Perisic que arrancou na entrada da área e bateu firme para o gol. O arqueiro francês desviou com a ponta dos dedos. Já a França, com a vantagem no placar, tentava sair com velocidade nos contra-ataques.

Aos nove, o jogo foi paralisado após uma invasão de campo de um torcedor, que foi rapidamente colocado para fora do gramado.

A França ampliou o placar com Pogba aos 14 minutos. Mbappé foi acionado pela direita em velocidade, chegou à linha de fundo e cruzou para trás. Griezmann dominou e ajeitou para o camisa 6 francês. Na primeira tentativa dele, a bola ficou na defesa croata. Ela voltou para o meia, que bateu de chapa no canto esquerdo de Subasic. França 3 a 1 Croácia.

O quarto gol da França não demorou. Aos 20 minutos, Hernández fez a jogada pela esquerda e tocou para Mbappé na entrada da grande área. O camisa 10 dos Les Bleus dominou e encheu pé acertando o canto direito de Subasic. França 4 a 1 Croácia.

A Croácia diminuiu com Mandzukic aos 23. Após bola atrasada para Lloris, o goleiro da França vacilou e o atacante croata pressionou conseguindo tocar para o fundo das redes. França 4 a 2 Croácia.

Mesmo cansados e perdendo por dois de diferença, os croatas seguiram buscando o ataque aos 40 minutos de jogo. Enquanto os franceses cozinhavam a partida mantendo a sua estratégia de deixar a bola com o adversário e explorar os contra-ataques em velocidade.

FICHA TÉCNICA

França 4 x 2 Croácia
Copa do Mundo – Final
Local: Estádio de Luzhniki, em Moscou
Data: 15/07/2018 (domingo)
Horário: 12h (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: Kanté, Lucas Hernández (França) / Vrsaljko (Croácia)
Gols: Mandzukic, contra, Griezmann, Pogba, Mbappé (França) / Perisic, Mandzukic (Croácia)
 
França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández; Kanté (Nzonzi), Pogba, Matuidi (Tolisso), Griezmann e Mbappé; Giroud (Fekir). Técnico: Didier Deschamps.

Croácia: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pjaca); Brozovic, Rakitic e Modric; Perisic, Mandzukic e Rebic (Kramaric). Técnico: Zlatko Dalic.  

 

Fonte: Bahia Noticias 

;