8 Anos de um crime, 8 anos de impunidade.

Rodoviários cobram por celeridade no processo que investiga as mortes de Paulo Colombiano e Catarina Galindo

“Podem passar 100 anos, jamais descansaremos na busca por justiça e nem apagaremos da memória os companheiros Paulo Colombiano e Catarina Galindo.”
Foram com essas palavras que o presidente licenciado Helio Ferreira finalizou a sua fala no protesto que exigiu celeridade e justiça no julgamento dos envolvidos no brutal assassinato de Colombiano e Catarina.
O ato, que aconteceu na manhã desta sexta-feira, em frente ao fórum Ruy Barbosa, contou com a presença de Familiares, amigos e lideranças politicas e sindicais que compareceram ao local para prestar solidariedade, recordar histórias das vitimas e cobrar para que a justiça seja aplicada para aqueles que há exatos 8 anos mandaram e executaram duas lideranças sindicais deste estado.
Debaixo de bastante chuva os rodoviários deram um abraço simbólico com os ônibus no entorno do Fórum para mostrar que a categoria está junta na busca pela punição dos assassinos, que hoje vivem desfrutando da impunidade tão comum para criminosos ricos neste país.

Justiça para os assassinos!


Paulo Colombiano e Catarina Galindo, Presente!

 

A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Confira mais fotos em nosso Facebook, Clique aqui

;