Advogada baiana que militava com Marielle lança pré-candidatura para “romper a bolha do machismo na política”

Postulante a Câmara Federal pelo PSOL, a advogada Laina Crisóstomo, lança sua pré-candidata nesta sexta-fera (29/06), às 17h, na Sociedade Protetora dos Desvalidos, no Cruzeiro de São Francisco, que fica no bairro do Pelourinho, Centro Histórico de Salvador.

Em publicação nas redes sociais, Laina, que é uma das fundadoras do “Movimento TamoJuntas”, afirma que o objetivo de sua “pré-candidatura coletiva” é “romper a bolha do machismo na política!”. A jovem feminista também é militante do PSOL e chegou a atuar junto com a vereadora Marielle Franco, que foi covardemente assassinada no dia 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro.

“Somos mais de 50% da população. Mesmo recebendo os menores salários, chefiamos 40% das famílias no Brasil. Jogo duro, triplas jornadas de trabalho. Seguimos sofrendo com a violência doméstica, os índices de mortes violentas de mulheres não param de crescer e as cadeias recebem cada vez mais nossos corpos. Fomos às ruas para defender o direito de participar da política. Estamos nos movimentos sociais, no campo e na cidade, nas universidades, nos partidos políticos. Ainda assim, nas eleições de 2014 na Bahia, foram eleitas apenas 7 mulheres para a Assembleia Legislativa e 3 para a Câmara Federal. Tão poucas, nos tornamos alvos fáceis daqueles que querem calar a nossa voz. A execução brutal da companheira Marielle Franco foi uma tentativa de, pela dor, calar nossos sonhos. Resistimos! E encontramos entre nós sementes de esperança para construir um outro futuro para as mulheres: fomos convocadas a ocupar a política! Nos fortalecendo coletivamente, chegamos até aqui inspiradas por um desafio: a tarefa de estar pré-candidatas pelo PSOL. Nosso voto será feminista!”, escreveu Laina Crisóstomo, que finalizou com a seguinte frase: “Somos semente, uma sobe e puxa a outra”.

Fonte: Informe Baiano

;