Trajetória da campanha mostra estratégia vitoriosa

Levamos o slogan da campanha deste ano às últimas consequências. Foi a campanha da resistência e desafios. Enquanto o patrão não acreditava na correlação de forças e pagou pra ver, nós ousamos com uma paralisação de advertência de 24 horas, em um domingo (dia 20 de maio) com adesão de 100% dos trabalhadores.

Patrões e setores do poder público apostavam no fracasso do movimento, mas o rodoviário mostrou força e determinação. Nenhum trabalhador nas garagens, nenhum carro saiu pra rodar. A cidade literalmente parou.

Enquanto os trabalhadores inovavam, os patrões seguiram com as manobras já conhecidas até que em uma assembleia gigante que lotou a quadra dos bancários a categoria aprovou, por unanimidade, a deflagração da greve geral por tempo indeterminado, na madrugada do dia 23, que durou 24h.

;