Chuva deve ficar em Salvador até domingo, dizem meteorologistas

Os ventos estão em 36 km/h, o que é considerado normal para o período

Abril é mês de chuva em Salvador, e isso todo baiano sabe, mas o temporal que está caindo sobre a cidade desde a madrugada desta sexta-feira (20) assustou muita gente. Segundo os meteorologistas, a praia do final de semana não vai rolar. A previsão é de que o tempo permaneça fechado até domingo.




(Mauro Akin Nassor/CORREIO)

 

A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Cláudia Valéria, contou que apear de algumas pessoas terem sido pegas de surpresa, as chuvas são normais nesse período. 

Em dia de chuva, veja pontos mais congestionados em Salvador

"As nuvens estão sendo provocadas por conta de uma alta pressão que está sobre o oceano. Ele está jogando as nuvens sobre o continente e causando chuva na faixa litorânea de estado, no Recôncavo, e parte de Sergipe", explicou.

A dona de casa Josevalda Araújo, 37, mora na zona rural de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, e contou que por lá a chuva está caindo desde a quarta-feira. "Por enquanto não tivemos problemas. As estradas estão com lama, mas os carros ainda estão passando. A temperatura baixou, está mais frio, e algumas pessoas que tem problema respiratório estão ficando gripadas", disse. 

Nos municípios de Conde e Marau, tambem no Recôncavo, choveu 10,6 e 14,2 mm nesta madrugada, respectivamente. Até as 9h de ontem, Salvador tinha registrado 111 mm de chuva. A média para o mês de abril é de 309,7 mm. Os dados sobre a chuva desta madrugada ainda não foram contabilizados pelo Inmet.

A costureira Vera Lúcia Araújo, 60, mora em Fazenda Coutos, no subúrbio ferroviário de Salvador,  e contou que desde a madrugada o tempo está fechado. 

"Aqui não alagou porque é ladeira, mas na parte baixa do bairro deve estar alagado. Choveu muito, a madrugada toda", contou.

Foto: Leitor CORREIO

"A gente acordou com o barulho da chuva. Quando chegamos na porta de casa foi que vimos que a rua virou rio. A água arrastou muita areia e está tudo cheio de lama. Quando chove aqui é normal escorrer água, mas não dessa maneira. Está muito forte", André Luis Sena, serviços gerais, que também mora em Fazenda Coutos.

O Inmet informou que está registrando chuva em Salvador desde o início desta semana, com intensidade maior ou menor em alguns pontos. Os ventos estão em 36 km/h, o que é considerado normal para o período. A estimativa é de que o sol comece a aparecer apenas no domingo, entre nuvens e de forma bastante tímida.

Às margens da Avenida Gal Costa é possível ver a enxurrada nas portas das casas. Veja no vídeo abaixo:

O desempregado Roberto Santos ficou com o carro preso na Rua Regis Pacheco, no bairro do Uruguai. Ele estava indo buscar a esposa no trabalho quando o veículo ficou preso uma poça de água. "A rua está toda alagada e quando eu passei o carro ficou preso. Agora, vou ter que ligar pra um mecânico ou chamar alguém me tirar daqui", disse ele.

Carro de Roberto parou ao tentar pasaar por alagamento na Regis Pacheco
Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

Onde choveu mais em Salvador
A Defesa Civil de Salvador (Codesal) divulgou um balanço das chuvas na cidade nas últimas 72h. O mapa aponta que quase metade dos moradores da capital precisam ficar em alerta. O estudo mostra que a chuvas estão bem distribuídas, mas por conta da geografia, alguns bairros precisam redobrar a atenção. 

A comunidade mais atingidas pela chuvas até o momento foi Bom Juá. O bairro registrou 134,6 mm nas últimas 72h. Em seguida, a Vila Picasso, na região de Pirajá, com 127,4 mm. Esses bairros estão em alerta, assim como Alto do Peru (121,8 mm), Nova Esperança  (115,5 mm), Pirajá  (112,8 mm) e São Cristóvão  (107,8 mm).

A região do Cabula recebeu 111,6 mm de chuva nos últimos 3 dias, mas o bairro não está em "Alerta", apenas em nível de "Atenção". Canabrava foi a comunidade que recebeu menos chuva 4 mm, mas  está em Alerta mesmo assim. O Caminho das Árvores foi o bairro em Atenção com menor índice de chuva, com 58,3. O Subúrbio Ferroviário e a Península Itapajipana estão em Atenção. 

Apesar da chuva, nenhum bairro está em nível vermelho, o que representarua "Alerta Maximo". Quem tiver problemas provocados pela chuva pode entrar em contato com a  Codesal pelo 199. As equipes estão de plantão 24h.

 

Fonte: Correio24horas

;