Insatisfeitas, concessionárias de ônibus podem devolver operação à prefeitura de Salvador

O que deveria durar 25 anos pode terminar em menos de três. A relação entre a prefeitura de Salvador e as concessionárias de ônibus urbanos tem ficado difícil já que as empresas estão passando por uma crise financeira. Com isso, os empresários entraram com um processo na Justiça para devolverem a operação à prefeitura de Salvador.

Conforme apurou o BNews, as concessionárias estão sem condições de operar devido aos programas de benefício como o Domingo é Meia e a integração com o metrô.

Ao BNews, o diretor do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Seteps), Jorge Castro, afirmou que quem poderia falar sobre o assunto era a diretora técnica da entidade, Angela Levita, que não atendeu as ligações do site na noite desta quinta-feira (1º).

O secretário de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, afirmou que desconhece o caso e não foi informado através da Procuradoria Geral do Município. Em contato com o site, a procuradora Luciana Rodrigues também afirmou que “não foi notificada” sobre o assunto.

 

Fonte: Bocão News

;